Uma alma que se eleva em consciência, eleva o mundo.

terça-feira, 30 de junho de 2015

AMOR VERSUS KARMA

Relações cármicas fazem parte do nosso crescimento evolutivo. Podemos experimentar uma relação cármica com amantes, irmãos, filhos, pais , amigos e colegas de trabalho.
A grande maioria das pessoas confunde relações kármicas com alma gêmea ou complemento divino (chama gêmea). 

A alma gêmea é diferente do complemento divino ( chama gêmea). Considerando que cada um de nós tem apenas uma chama gêmea, podemos ter muitas almas gêmeas. As almas gêmeas também fazem parte da mesma essência monádica, mas não da mesma fração, do mesmo ovóide de fogo. Assim, mesmo sendo da mesma essência divina não se fundem no mesmo ovoide como é o caso das chamas gêmeas.

Almas gêmeas compartilham uma missão comum e estágio comparável de desenvolvimento espiritual. Elas vêm juntas, porque elas estão trabalhando no mesmo tipo de karma e o mesmo chakra simultaneamente. Então almas gêmeas têm uma atração que é baseada no trabalho sagrado e no caminho do auto domínio. A alma gêmea é como o eco de si mesmo em matéria de trabalho, na mesmo tarefa a cumprir no plano para Deus. Essas relações espirituais tendem a ser harmoniosas e satisfatórias, e essas almas afins podem realizar grandes coisas juntos.

As Chamas gêmeas foram criadas juntas no início e partilham um destino único. Criado em um único ovóide de fogo, elas foram separados em duas esferas de ser- um em uma polaridade masculina e outra em uma polaridade feminina-, mas cada um com o mesmo padrão de identidade divina. Apesar de passar algumas vidas juntas e outras vidas à parte, seu vínculo é eterno, e depois de terem voltado e se conectado com o seu Eu Superior elas vão subir e ficar juntas para sempre.
Por fim, há a relação cármica onde dois indivíduos são desenhadas em conjunto para o equilíbrio do carma mútuo. O empate cármico pode ser o mais apertado de todos e começar com a atração mais forte. Isto é porque a alma tem um profundo desejo de ser livre, e sabe interiormente que esta conexão é a chave para a resolução por meio do equilíbrio do karma que esta relação oferece, sendo na maioria das vezes dura, onde paira a violência, o ódio, o abandono ou mesmo a morte.

As relações cármicas são previamente acordadas antes da reencarnação com o objetivo de compartilhar, aprender, curar, resolver problemas de vidas passadas, perdoar e crescer
Existem várias características que definem relações cármicas, mas as mais óbvias são:
Sensação de que já conhece o outro em algum nível mesmo que não saiba explicar como e quando.
Forte atração, e muitas vezes inexplicável (o tipo que não podemos justificar a nós mesmos, muito menos a família ou amigos)
Uma tendência para que o relacionamento torne-se dominante ou talvez até mesmo a nossa única relação.

Uma conexão emocional ou física profunda, muitas vezes, que tem uma qualidade viciante
Incapacidade de afastar-se deste tipo de relacionamento
Sentimento da necessidade de ficar, mesmo que seja difícil, de modo que você pode trabalhar através ou resolver alguma coisa,

Normalmente relações cármicas servem para unir duas por um propósito definido, e uma vez que esse efeito é alcançado, o "propósito cármico” é quebrado e o relacionamento perde a sua atração. Olhando para trás, você pode se perguntar o que uniu você aquela pessoa!
O grande problema neste tipo de relação cármica é que ela se torna extremamente destrutiva e as partes envolvidas não conseguem estabelecer um ponto de equilíbrio o que os leva na grande maioria das vezes a não cumprirem o propósito almejado anteriormente afetando drasticamente as futuras relações afetivo-emocionais,

Algumas relações cármicas poderão permanecer para toda a vida, e se um dos parceiros morre antes do outro aquele que permanece não vai encontrar alguém para substituir esse amor e esse sentimento de conexão profunda perdurará mesmo que essa pessoa tenha um novo parceiro. Para que haja total libertação é necessário curar o padrão cármico envolvido na relação obtendo assim o aprendizado que a alma precisa alcançar. 

Neste tipo de situação se aconselha a buscar a cura deste tipo de relação para que o padrão cármico não se estenda por inúmeras encarnações o que pode fragmentar partes de alma dos envolvidos gerando grande sofrimento.

Tratamento de libertação de padrões kármicos repetitivos em relacionamentos
Maiana Lena- terapeuta energética e espiritual
Informações inbox

sábado, 27 de junho de 2015

ABRINDO MÃO DO CICLO DA DUALIDADE

Você abre mão do ciclo da dualidade quando a sua consciência manter-se totalmente centrada e presente após experimentar todos os aspectos pertinentes ao mundo terreno. Quando não houver mais o conflito da identificação do mundo dual oscilando entre um aspecto e outro em que você possa se identificar e/ou oscilar ( belo em oposição ao feio, mau em oposição a bom,rico em oposição a pobre, etc.), a sua consciência estará em equilíbrio. Você só deixará de viver no ciclo cármico quando sua consciência encontrar o centro imóvel da imperturbabilidade. Este centro é o ponto do equilíbrio e da libertação do ciclo cármico.
Os pontos chaves envolvidos neste caminho são a compaixão, a alegria e a aceitação. Julgamento e medo serão sempre o que o levará fora do caminho. A não-mente é o alicerce do centro do equilíbrio. Não se identificar com nenhum aspecto da dualidade nos leva a encontrar o centro da essência sagrada da não forma.

 Deixar o medo e o julgamento vir e ir é uma prática que pode levar dias e exige auto - domínio sobre si mesmo. Quando você conquistar este auto - domínio entrará em outro mundo, um outro plano de consciência. 

Esta mudança de consciência também se externará no seu mundo exterior. Muitas vezes é um momento de mudança e dizer adeus a aspectos de sua vida que não refletem mais o que você é. Grandes rupturas podem ocorrer na área de relações e trabalho. Os seus valores e estilo de vida vão mudar. Isso é natural acontecer tendo em vista que o interior reflete o exterior. Sua consciência cria a realidade material que você mora. 

Liberar-se do aspecto da dualidade leva tempo. Remover as camadas de escuridão que envolve a nossa consciência e toda a bagagem a ela agregada é um processo dual. O ponto central aqui é a tomada de consciência. Quando você sentir a alegria silenciosa de simplesmente estar com você mesmo, você vai saber que é isso que você esteve procurando o tempo todo. Você vai ir para dentro sempre outra vez para experimentar esta paz interior.
Você continuará vivendo ainda em um mundo mundano. Mas você vai ter encontrado uma âncora de divindade dentro de si mesmo, experimentará o mundo e toda a sua beleza a partir desse estado de felicidade.. Quando há paz e alegria no seu coração, as coisas e as pessoas que você conhece e convive vão lhe dar paz e alegria.


Do meu SER Divino para o seu SER Divino,
Maiana Lena

sexta-feira, 26 de junho de 2015

Encontrando as Chaves para Curar os Padrões Kármicos Repetitivos

Importante ponderar mais profundamente por que algumas pessoas atraem certos companheiros em suas vidas que parecem completamente diferentes delas em muitos níveis. Como, por exemplo, por que é que alguém atrai um parceiro verbalmente agressivo quando este mesmo é tão amável e bondoso e procura apenas cuidar e amar o outro?

A vítima, muitas vezes, tende a fazer tudo o que pode para agradar, para acomodar, para compreender e adaptar-se, mas não consegue parar o agressor do ataque, nem aprender com o seu comportamento, procurando corrigi-lo de qualquer outra forma de repetição de tais padrões de comportamento.

Por que isso acontece?

Em primeiro lugar, é provável que a pessoa que se permite a ser abusada tem um abusador/crítico interno que está prosperando no interior que os trata tão mal quanto o seu parceiro fazendo o mesmo que o agressor em torno de um diálogo mental: "Eu não valho nada Ele está certo, eu sou tão inútil" etc. Isso permite que o padrão abusivo continue. As vítimas de abuso apresentam o nível de auto-estima incrivelmente baixo, desde tenra idade.
Em segundo lugar, existe uma sujeição das almas dos parceiros a nível espiritual/energético que os fazem ser atraídos um para o outro. Isto pode ser devido a promessas, votos ou ações de outras vidas voltando nesta encarnação a ser lhes dada outra oportunidade em desbloquear as algemas que os mantêm presos por inúmeras encarnações.

Esta relação, no entanto, não pode ter base no amor, mas sim numa ligação de vício ou poder. Pode-se sentir compelido a repetir o mesmo padrão, porque eles ainda não são capazes de ver a sua própria consciência de outrora projetada na atual situação. Mesmo reconhecendo que não se trata de uma relação saudável, eles são incapazes de se afastar por muito tempo. Muitos preferem sentir um parentesco de pertencer ao relacionamento tóxico porque, de alguma forma, ele oferece uma sensação ilusória de estar vivo e um breve vislumbre de esperança de tempos em tempos.

Drama para alguns equivale a estar vivo, talvez horrivelmente, mas ainda assim, o drama é um dos vícios que a humanidade experimenta por inúmeras vidas. O medo da morte é uma forte ferida nestes tipos de relacionamentos, tanto para o agressor quanto para a vítima.

O ponto mais importante neste tipo de relacionamento não é sobre o tipo de pessoas que se atrai, sejam eles parceiros, membros da família, filhos, amigos etc.. A ferida núcleo que os uniu em primeiro lugar, a ferida que precisa ser curada é a que deve ser feita numa base individual.

Quando as pessoas dizem que elas precisam ficar nessa relação, porque não querem voltar e sofrer de novo este tipo de condicionamento, não conseguem compreender que não se trata de ficar com a pessoa até aprenderem a lição e, sim, que necessitam aprender sobre como curar a ferida dentro de si mesmas e que estão vivendo novamente este tipo de relação para aprender sobre. Muitas pessoas estão esperando que os outros mudem, em vez de olhar para o que elas precisam parar de permitir dentro de si mesmas. Quando você parar de permitir ser abusado (a) pelo seu agressor interno, então você não vai mais permitir que outro aja abusivamente com você não alimentando mais a energia que lhe chama para jogar o jogo cármico.

Quando você acorda para assumir a responsabilidade por sua ferida, você pode optar por ficar e trabalhar em conjunto ou deixar o relacionamento através de seu próprio livre-arbítrio, mas não os culpando ou culpando a si mesmo(a). Trata-se de acordar para que a ferida possa ser  tratada. Você é seu próprio salvador.

quinta-feira, 25 de junho de 2015

AS SEMENTES ESTELARES NA MISSÃO DO RESGATE PLANETÁRIO

As Sementes Estelares são seres de grande bagagem e poder espiritual, que escolheram reencarnar no plano terrestre nesta época de transição planetária, com a missão crística de resgatar através da expansão de consciência, os seres humanos que se perderam pelos caminhos de maia, da ilusão e da degradação no ambiente terrestre. Estes seres assumiram o compromisso de reencarnar dentro de certas raças com o objetivo de despertar a Consciência Crística da humanidade. A Terra foi um dos planetas escolhidos. Estas sementes estelares são seres que por inúmeras reencarnações não se desviaram da vontade maior do Criador.

A missão de cada semente estelar é a transformação da consciência de cada ser encarnado. E assim gradativamente a transformação de toda a humanidade. Por serem seres de grande conhecimento e bagagem espiritual se mantêm protegidos das inúmeras cadeias da negatividade dos mundos inferiores e conseguem impor a presença da luz sobre o planeta. Todos ligados à missão de resgate planetário têm o conhecimento da meta e do objetivo da encarnação. Assim, todos os arquétipos cósmicos dos Arcanjos, Elohins, Serafins, etc., começaram a atuar na reconstrução da malha eletromagnética da Terra para recuperar a nossa verdadeira consciência através destas sementes estelares. Isso explica a nossa atual caminhada rumo à consciência cósmica. Mas ainda vivemos o conflito da dualidade. Pois as manipulações deste conflito ainda estão impressas em nossa matriz criacional. As sementes estelares vieram para a Terra em missão de sacrifício, a fim de despertar a raça humana para os verdadeiros e eternos valores divinos. Por muitas e muitas vidas esta batalha foi empreendida, e continua acontecendo até os dias de hoje.

Atualmente, esta batalha vem chegando ao fim, e o início da Nova Era é o marco inevitável para a civilização terrena, onde todo a ilusão do mal deixará de existir, todas as guerras cessarão, e a paz e o amor enfim prevalecerão. Todos os habitantes do planeta Terra e dos 37 planetas ligados a este quadrante estão tendo, portanto, a possibilidade de despertar para esta nova realidade da vida. Todos estão tendo a possibilidade de criar uma nova realidade para este novo tempo, que melhor atenda aos interesses da humanidade para uma vida melhor, mais saudável, mais próxima de Deus e da realidade universal. Geralmente os seres humanos levam muitas encarnações para serem iniciados no caminho espiritual.

Muitos que já iniciaram neste caminho espiritual em outras encarnações permanecem estagnados devido à ilusão do plano material. É por isso que as Sementes Estelares descem para a matéria munidas de uma imensa bagagem espiritual com o objetivo de realizar na Terra uma grande missão. A missão do "acordar cósmico". Eles estão aqui imbuídos de uma missão de amor e renúncia para que possam guiar a humanidade pelos caminhos da luz e da libertação. São seres de grande amor e força espiritual.

Do meu SER Divino para o seu SER Divino,

Maiana Lena

Relações Kármicas e Débito Kármico

Relações cármicas não são necessariamente negativas. Muitas almas estão reencarnando em conjunto para ajudar uns aos outros a crescer e aprender. Essas relações são bênção de cura e apoio. No entanto, aqueles de dívida cármica são a continuação de questões onde um ou ambos não conseguiram aprender com a situação ou comportamento. Essas relações terão continuidade em vidas subsequentes até que um ou ambos cresçam deixando de reviver as feridas anteriores.. É só pela liberação do laço cármico envolvido que sua alma será libertada sendo capaz de passar para o próximo desafio.

Relações positivas são aquelas que trazem e afloram o melhor das pessoas envolvidas, devendo ser incentivadas. No entanto, aquelas que são unilaterais ou trazem perigo necessitam ser cortadas. Relações unilaterais são aquelas que não são mútuas; se a ponte de ligação foi construída exclusivamente de um lado, a relação não é saudável e atenta contra o Livre-Arbítrio do outro. Forçar a sua energia, atenção ou presença em outro é um ato de invasão energética e terá as devidas consequências... Se o sentimento não é compartilhado, você não pode e não será capaz de construir um relacionamento. Você não pode forçar outro a amá-lo. Tentar fazer isso só vai criar ressentimento e empurrá-los mais longe. O inverso também é verdadeiro; odiando o outro não traz bênçãos positivas em sua vida. Semelhante atrai igual; através do envio de energia negativa você só vai atrair aqueles que se encontram na mesma sintonia emocional e espiritual.

Débito cármico tem uma abordagem diferente. É um comportamento passado. Os resultados que não podem ser alterados. No entanto, isso não significa que as conexões sejam permanentes ou que você será forçado a ficar preso se a outra alma se recusa a aprender e a deixá-lo seguir em frente. Existem maneiras de nos libertarmos dos laços kármicos sem ter que enfrentá-los diretamente. Você poderá obter a cura e libertação de padrões kármicos negativos que vêm trazendo ao longo de suas vidas através de rituais de cura kármica indicados em leituras kármicas (tarô kármico e mapa astral kármico). O simples fato é que não importa como você se sente sobre uma pessoa, você não pode salvá-la de si mesma e nem curar o carma dela. Você não pode mudar o seu comportamento, somente a maneira como você reage a isso.

Maiana Lena - Terapeuta Energética e Espiritual

sexta-feira, 19 de junho de 2015

RESOLVENDO O KARMA FAMILIAR

Desde a concepção você começa a absorver as energias de seus pais tão fortemente, como se fossem suas próprias. Este elo é tão forte que você não consegue distinguir onde ele começa ou termina. Você começa a absorver seus medos, suas culpas e suas cargas emocionais. Dependendo da frequencia em que você se encontra em nível astral este processo pode ser muito doloroso. Estas cargas são geralmente passadas por várias gerações tanto pelo lado materno quanto paterno. Há sempre um aspecto kármico envolvido na questão, o padrão kármico vem se repetindo vida após vida até que seja quebrado.

Isso você pode chamar de karma familiar. No carma familiar ao qual você se vê envolvido pode haver questões relacionadas a ordem material onde se apresenta problemas financeiros de toda ordem, problemas relacionado a vícios minando o âmbito terreno de frequencias desarmonizadoras, relacionamentos problemáticos entre os progenitores, questões relativas a determinadas doenças envolvendo o pai ou a mãe etc.

Este tipo de carga kármica é resolvida quando a energia presa dentro de você é liberada, e, portanto, não é repassada para a próxima geração. O Karma familiar é resolvido quando pelo menos um membro da família quebra o vínculo kármático, definindo-se livre do fardo emocional que ele absorveu desde a infância e acoplado em seus genes ligado a várias encarnações.Em algumas situações um ente familair vem com o propósito de quebrar este "processo kármico" a fim de se restabelecer uma nova direção aos membros envolvidos naquele grupo familiar.

O membro da família que "quebra o padrão kármico" o fará em primeiro lugar, ajudando a si mesmo. Trata-se de estar focado em seu próprio crescimento interior e expansão.

Este crescimento e expansão têm um efeito sobre a "energia da família." Isso abre a possibilidade dos membros dessa família encontrarem o caminho para sair também. Este processo não está vinculado apenas ao filho, mas também aos progenitores, irmãos e a toda hierarquia familiar ligado ao mesmo processo kármico. O ente familiar que se libertou do padrão kármico ligado a família fornece uma trilha energética para outros de sua família se libertarem também. Isso ele realiza naturalmente por seu trabalho interior e gradativamente este processo desencadeará os demais membros da família a seguir o mesmo caminho. Não será um processo imposto ao qual obriga aos demais avançar e a mudar. O que ele oferece a sua família de nascimento energeticamente é a possibilidade de mudança. Sua energia espelha a possibilidade de mudança para eles e isso é tudo que ela precisa fazer.

Os membros da família poderão, então, seguir a trilha ou não. Isso pode não ocorrer na mesma encarnação, mas se operará nas encarnações subsequentes onde eles estarão prontos para fazê-lo. Ninguém é responsável pela mudança de alguém. Não é sua missão espiritual forçar alguém a trilhar o caminho espiritual e transformar-se. Este caminho é único e pertence a cada ser individualizado. Você pode se livrar do fardo kármico familiar que você pode ter gerado em muitas vidas aos seus entes familiares ou eles a você. Quando isso ocorrer você poderá apagar a carga emocional relativo ao fardo kármico impedindo assim serem repassados aos seus filhos e assim sucessivamente. Esta é a sua missão de alma.

Não lamentem a perda de sua família a este respeito caso eles não estejam prontos a seguir a trilha da libertação do fardo kármico. Você vai ter-lhes oferecido um ótimo serviço limpando o caminho e deixando uma trilha. Esse caminho vai ficar lá e ele será usado um dia por quem quiser sair daquele processo kármico em particular. A pista é o espaço de energia que você deixou disponíveis para eles. E isso é tudo.

Não é o seu objetivo carregar o carma familiar em suas costas. Também não é sua responsabilidade caso eles não estejam prontos a seguir o novo caminho. Isso é não a sua tarefa. Sempre que você tenta forçar seus pais ou familiares a seguir a trilha da libertação você está atrapalhando o seu próprio crescimento, e você sofrerá decepções e tristezas. Essas outras pessoas que você ama e deseja compartilhar a sua luz com você podem optar por viver nesta condição de “cegos na luz” por mais um século ou mais. Esta decisão cabe a eles.Mas um dia em seu próprio tempo, eles vão descobrir a trilha deixada por você em algum ponto e isso os fará fazer isso também. E assim eles vão começar o seu próprio caminho de crescimento interior, sua própria subida para a luz. A sua missão é acender a luz e nada além disso.

Eles terão que passar por suas próprias lutas e aprendizados, mas eles terão a trilha deixada por você que iluminará o caminho a seguir. Como pioneiro deste caminho, você abençoará a estrada tão difícil que escolheu trilhar com gratidão e honra!

Tratamento de Transmutação e cura Familiar- Maiana Lena

domingo, 14 de junho de 2015

OPERANDO EM REALIDADES PARALELAS


Há um grande despertar ocorrendo na matriz da humanidade. Os indivíduos estão tomando consciência do seu poder, e o quanto ele pode fazer a diferença. Possuímos a capacidade de mudar e transformar energias densas dentro do nosso campo pessoal transformando e elevando consequentemente o coletivo.

Para fazermos parte deste padrão é importante continuarmos a manter uma vibração coerente de gratidão e apreço em face de todas as alterações e adversidades.
A cada desafio sejamos gratos irradiando essa freqüência em nosso campo vibracional. Cada vez que isso é feito mais luz é adicionado à nossa área pessoal e mais luz é adicionado à matriz do coletivo.
Você está aqui no planeta neste momento para fazer este trabalho e serviço. Este é o caminho da ascensão direcionando a integridade do seu ser multidimensional a mover-se em uma oitava acima e dimensão mais elevada. Fazendo esta conexão com outras pessoas você estará realizando uma transformação impressionante do campo coletivo.
Tente expandir um pouco mais este propósito em sua consciência multidimensional Comece a considerar uma possibilidade real de que existem universos paralelos que coexistem ao seu redor.

Suas visões preconcebidas e experiências de vida foram baseadas no conceito de uma realidade muito sólida e única. Você está sendo convidado a considerar que existem outras realidades que compartilham seu espaço. Isto é o que a nossa física moderna está oferecendo, com a interpretação da energia quântica e teoria quântica que muitas realidades coexistem simultaneamente.

Analogicamente há muitas centenas de diferentes freqüências que estão disponíveis em todos os momentos. Estas freqüências, ondas e transmissões o cercam em todos os momentos. As ondas de rádio ou as freqüências de seus programas de televisão existem em seu espaço.
Somente quando você ajustar seu equipamento para uma determinada estação que recebe a freqüência oferecida. O equipamento ou estação apenas permitirá que um tipo de energia de cada vez atue. No entanto, você sabe, se você mudou o canal ou o seletor você receberá imediatamente um programa diferente ou um tipo diferente de música.
Então, usando este exemplo, percebemos que você só está sintonizado em uma estação, recebendo um tipo de realidade. Esta estação, este tipo de realidade corresponde com suas crenças e programas. Você está em sintonia com a realidade física. No entanto, assim como as ondas de rádio e televisão oferecem uma grande variedade e seleção de músicas e programas, assim também há um número infinito de realidades paralelas que estão convivendo com você juntamente com sua realidade física.
Todo mundo tem esse aspecto multidimensional. A maioria nunca despertou para essa consciência. Eles entram nesta dimensão, atravessam o véu e nunca reconhecem os muitos níveis de consciência que eles poderiam estar cientes.

A maioria das pessoas permanecem na mesma estação durante toda a sua vida, sem mover a marcação para explorar outros sinais, outras conexões. O foco é limitado a apenas o que uma freqüência fornece.

Uma pessoa que está ciente do ser multidimensional delas é capaz de mover o seletor de uma estação para a outra com facilidade. Eles permitem mais estímulo, mais informações e um espectro mais amplo de consciência. Eles são mais aventureiros e abertos à conclusão de que eles são capazes de mudar seu foco de uma realidade para outra integrando as diversas freqüências em um todo harmonioso.
Muitos indivíduos se concentram em apenas um aspecto multidimensional; no entanto ainda existem inúmeros outros aspectos, que vibram determinadas frequências. Às vezes pode haver uma troca energética entre um aspecto do seu eu multidimensional e outro, um impulso, uma idéia, um dom, um anseio que o atual aspecto multidimensional sente. Cada pessoa tem muitos eus que operam em todos os momentos, no entanto a maioria foca em apenas um ou dois aspectos de suas vidas.

Lembre-se que estas realidades paralelas estão vibrando em uma freqüência diferente. Se você está sintonizado em uma freqüência física, a freqüência com outras realidades sutis não estarão disponíveis. Para isso terá que operar em uma vibração mais alta. Perceba que estas freqüências existem, mesmo que você não possa senti-las.
Suas próprias células são interativas com a energia do universo. Picos de energia galácticos, erupções solares contribuem para o desencadeamento, a ligar mais e mais os aspectos dormentes de suas células, seu DNA e sua consciência. Cada indivíduo também pode começar a mudar conscientemente estes aspectos. 

Os seres humanos são compostos de campos complexos de energia, entrelaçados mudando e se transformando a cada momento. Estes campos de energia interagem com outros seres humanos para além das palavras ou consciência. Mais é compartilhado e comunicado sobre as redes de energia sutis de cada pessoa e não através de palavras. Quando duas pessoas se reúnem existe uma interface total, mistura por assim dizer, dos campos de energia de cada uma; e mais informações estão disponíveis para ambos.

À medida que as células recebem seres humanos mais leves começam a ser ativadas. Esta consciência de estar em mais de uma realidade em qualquer momento se tornará a norma. Isso faz parte do despertar. É a percepção de que os seres humanos são multidimensionais. Eles estão interagindo em outras realidades. Eles são mais magníficos, do que possam imaginar. 

Como seres humanos começam a despertar se tornando conscientes, e entendendo que eles se movem dentro e através dos portais dimensionais que interagem com realidades paralelas todo o tempo, em um piscar de olhos, em uma respiração.

O ego, no entanto, tenta se certificar e manter o foco em três realidades dimensionais, Tocando em outros reinos se sente irreal; eles temem perder-se. Isso tudo é parte da evolução da consciência. Há muita informação que está sendo oferecida agora que apóia estas idéias e teorias. Cada indivíduo está despertando em sua própria estrutura de tempo; no entanto, há uma quantidade fenomenal de energia e apoio que está sendo oferecido a este planeta em seu processo de evolução dos reinos celestiais de amor, luz e verdade.
Você está sendo convidado a entender estes conceitos, brincar com eles e suavizar quaisquer crenças limitadas. Imagine o que poderia ser pisando em outra realidade. Procure exemplos em sua partilha e em suas próprias experiências de conexão e mude para outra realidade, mesmo que seja breve e inesperado.

Muitos filmes oferecem esta sugestão, seus mitos e contos de fadas todos oferecem a oportunidade de viajar para outros reinos e dimensões. É a inocência da natureza infantil que explora o invisível, o impossível e entende que, em algum nível, é também real.


Explore as ondas da mudança com sua graça e gratidão. Segure uma clara intenção sincera, visão e vibração e ancore a nova realidade de uma humanidade desperta. Estamos aqui para apoiar e ajudá-lo neste processo de mudança e conexão.. Saibam que vocês são amados além da medida, reconhecidos como seres celestiais que vocês são e honrados pela coragem de sua encarnação.