Uma alma que se eleva em consciência, eleva o mundo.

domingo, 10 de abril de 2016

As programações do carma negativo e as regiões umbralinas

Os padrões kármicos geradores de culpa e medo acumulados por muitas vidas induzem a grande maioria dos habitantes da terceira dimensão a se manterem vinculados a entidades do mundo umbralino.

As programações do pressuposto “carma negativo” geradores de culpa e medo induzem a grande maioria das frações de almas reencarnadas no mundo terreno e planetas similares a se manterem vinculadas a estes seres que mantém uma grande confederação no mundo umbralino alimentando a culpa e o medo dentro dos registros acoplados em sua grande maioria no corpo astral.

Estes seres de grande tecnologia mantêm através de implantes e dispositivos similares (miasmas, formas-pensamentos, elementais negativos) o controle destas programações onde através da culpa e do medo controlam as frações de almas a eles vinculados por milhões de anos tridimensionais mantendo-os vinculados a Roda de Samsara. Neste contexto ao desencarnarem estas parcelas de almas se vinculam a estas regiões umbralinas servindo como verdadeiras cobaias energéticas destas entidades confederadas. O grande objetivo destas corporações umbralianas é o alimento energético que seres ligados a terceira dimensão oferecem aos mesmos através de suas emoções. Para que as frações de almas do mundo terreno se libertem destas programações é necessário equilibrarem suas emoções e crenças dentro de um novo patamar de consciência.

A cada reencarnação ficamos expostos as frequências de vidas paralelas correlacionadas a vida atual e delas participamos mesmo inconsciente de todas as suas atuações entrando e saindo concomitantemente destas realidades. Sendo assim ficamos expostos a ação e reação destas outras realidades e sofrendo o impacto de suas vibrações não como uma consequência de “pagar débito” e sim como resultado da coparticipação dos efeitos da ação e reação de tudo o que evidenciamos e vivemos nesta outras vidas.

Neste contexto muitas frações de almas interrompem por muitos anos luz o seu processo evolutivo ficando expostas as ilusões que devem “pagar” pelos seus débitos e isso as coloca em regiões inóspitas após o desencarne como uma condição natural deste contexto.

Zelar pelas nossas ações enquanto encarnados nos coloca em uma frequência de luz com o nosso eu multidimensional inserindo o dna sagrado em nossa consciência o que nos habilita a emanar esta vibração á todas as nossas frações de vidas paralelas que estiverem na frequência de o receber. A desprogramação de todo este contexto requer um trabalho contínuo junto as hierarquias amparadoras o que requer um compromisso com a verdade e de se reconduzir ao caminho da luz. Siga, ouça e confie na voz da Alma que chama para outro caminho!

Maiana lena, consciência unificada em servir a luz!

quinta-feira, 7 de abril de 2016

A NOVA CONSCIÊNCIA E AS ANTIGAS CRENÇAS

A reencarnação nas esferas tridimensionais trás em seu contexto sofrimentos de toda ordem à natureza humana. Os processos repetitivos são acordados inconscientemente a cada reencontro terreno desencadeando processos inacabados em outras realidades fazendo eclodir nas personalidades envolvidas papéis antigos aos quais não se tem nenhum controle. Aos desacordados este processo parece ser comum e normal à existência humana. Para os que acreditam na reencarnação este processo é decorrente do resgate kármico onde “tudo o que geramos devemos colher como fruto das nossas ações”. Estas crenças na lei do retorno estão agregadas a consciência de todos os seres que vivem nos padrões da terceira dimensão não só na terra, mas em planetas de evolução similar.

O resgate kármico é inserido na “culpa e no medo” artifícios estes usados pela espiritualidade inferior com o objetivo de manipular as raças envolvidas nos padrões tridimensionais. O novo contexto que está sendo inserido na consciência de almas que já estão partilhando de uma consciência multidimensional é que tudo o que estamos vivenciando nos padrões tridimensionais é decorrente da frequência interativa de outras realidades que estamos interligados e coexistindo simultaneamente como frações de almas. Quanto menos evoluídos se encontrarem os níveis de consciência de uma determinada fração reencarnada nos domínios tridimensionais, mais fortes serão os padrões inseridos na consciência da vida atual. Toda ação gera uma reação.

Ao entramos em frequência com outras vidas correlacionadas a existência atual, mesmo inconscientemente, agregamos todo o contexto agregado a estas outras vidas sejam elas boas ou ruins. O sofrimento e a dor destas outras vidas se tornam o sofrimento e a dor desta vida. A identificação inconsciente com as emoções já vividas em outras parcelas de vidas nos coloca na mesma frequência destas outras realidades vivendo na grande maioria das vezes os mesmos padrões experienciados. O objetivo deste contexto é aprender e evoluir. Todo processo desencadeador da dor se não for plenamente trazido a consciência não vai se dissipar por inteiro. Todo processo de cura envolve trazer a consciência todo emaranhado de vidas agregadas ao mesmo padrão. E isso envolve coragem. A coragem de dar poder ao padrão antigo ou a coragem de transformar a experiência em um grande aprendizado. Toda ação ativada negativamente em outras parcelas de vidas desencadeia uma reação para que possamos obter o aprendizado necessário e não como uma forma de “pagar débito”. Seria um contrassenso divino supor que estaríamos condenados a sofrer julgamentos e condenações por ações causadas em total inconsciência. O que realmente trás de inovador neste novo contexto é que podemos acabar com o sofrimento, a dor, a doença, as perdas de qualquer natureza atuando nestas vidas paralelas e emanando luz e cura a estas outras frações inconscientes de nossas parcelas de alma. Atuando neste padrão dimensional estaremos acordando estas outras parcelas de almas inconscientes e ativando em seus registros o “despertar cósmico”.

A experiência é fascinante e libertadora de vidas e vidas de sofrimentos agregados a consciência sendo o grande desencadeador de doenças, perdas e psicoses de toda ordem. As crenças agregadas a toda consciência tridimensional nos coloca em frequência com milhões de vidas de sofrimento gerados pelas manipulações da espiritualidade inferior. A manipulação do dinheiro no mundo terreno mantém na grande maioria das pessoas o medo do “não ter”. Isso explica uma parcela considerável de governantes no mundo estarem a serviço de raças extraterrestres. A nova consciência que está sendo acordada em seres que já estão atuando em conjunto com seus “eus multidimensionais”, ou seja, seres que já alcançaram o despertar de quem realmente são como essência divina gradativamente servirá de suporte a todos que estiverem prontos a darem este salto quântico. Manter-se receptivo e acordado são os alicerces necessários para que a verdade possa conduzir estas frações de almas a nova frequência que cada um trilhou e está pronto a se reconduzir em um futuro próximo.

Acorde e Seja!

Maiana Lena, consciência unificada na missão de servir à luz!